O mercado editorial tem vivido um aumento no seu calendário de eventos. Feiras de publicações independentes, encontros organizados por editoras, festas internacionais, sem contar com as já tradicionais bienais e salões do livro. O leitor, que antes apenas comprava seus livros nas grandes redes de livrarias, hoje quer estar próximo de seus escritores preferidos e participar mais desse universo.

 

Feiras e eventos literários são temas do novo episódio do Narrativas, o podcast da CARAMBAIA. Cecilia Arbolave, jornalista argentina, é uma das responsáveis pela mudança desse calendário. Sócia da editora Lote 42, produz, com João Varella, as feiras Miolo(s), na Biblioteca Mário de Andrade, Tinta Fresca, no Espaço Cultural Porto Seguro, e Printa-feira, no Sesc 24 de Maio, todas voltadas para impressos e publicações independentes. Cecilia é uma das convidadas dessa conversa, ao lado de Mauro Munhoz e Rita Mattar.

 

Mauro Munhoz é o fundador da maior festa literária do país, a Flip (Festa Literária Internacional de Paraty). Criada em 2003, a festa já trouxe autores mundialmente conhecidos, como Amos Oz, Jhumpa Lahiri, Margaret Atwood, Emmanuel Carrère, entre outros. No bate-papo, gravado em São Paulo, no estúdio da Central3, Mauro fala sobre a importância do festival no espaço urbano e como contribuiu para a melhoria da infraestrutura da cidade. A Flip é um berço de novos eventos; tanto é que a programação paralela, que acontece simultaneamente ao festival, tem crescido significativamente nos últimos anos.

 

Rita Mattar é editora e foi responsável pela venda do catálogo brasileiro da Companhia das Letras no exterior. Atualmente é editora do selo Três Estrelas, parte do Grupo Folha, e trabalha com aquisição de direitos e prospecção de conteúdo para a produtora de cinema RT Features. Rita traz para a conversa sua experiência em feiras de vendas de direitos autorais. As feiras de Londres e Frankfurt, as principais desse calendário, têm dividido espaço com novos encontros internacionais como os de Guadalajara e Buenos Aires.

 

Esse episódio do Narrativas foi gravado em 22 de abril com produção de Clara Dias e edição de Leandro Iamin. A trilha sonora é composta e executada por Bruno Bething.

 

 

Durante a conversa, foram citados os seguintes eventos, autores, espaços etc.

 

Festivais

Flip - Festa Literária Internacional de Paraty

The Hay Festival of Literature & Arts (Hay-on-Wye, Gales)

Filbo - Feira Internacional do Livro de Bogotá (Cartagena, Colômbia)

 

Feiras

Feira de Londres

Feira de Frankfurt

Feira de Bologna

Feira de Guadalajara

Feira de Istambul

Feira Miolo(s)

Feira Tinta Fresca

Bienal do Livro de São Paulo

 

Livraria

Tapera taperá

 

Editora

Lote 42

 

Autor

Lima Barreto

 

Editora

Simone Paulino (editora Nós)

 

Evento

Que Flip foi essa (com participação de Joselia Aguiar, Simone Paulino, Eduardo Lacerda e Cauê Ameni em julho de 2018)

 

Espaços culturais

Biblioteca Mário de Andrade (São Paulo, SP)

Banca Tatuí (São Paulo, SP)

Espaço Cultural Porto Seguro (São Paulo, SP)

Casa do Papel (realizada em Paraty durante a Flip de 2017)

Barco Flipei (realizado durante a Flip de 2018)

 

Filme

O anjo, de Luis Ortega

 

Peça

Fim, de Felipe Hirsch

 

Livros

Teoria King kong, de Virginie Despentes, Editora N-1, 2016.

Vernon Subutex, de Virginie Despentes (será publicado no Brasil pela Companhia das Letras)

 

Pesquisa

Ministério da Cultura e Fundação Getúlio Vargas - impacto econômico que a Flip gerou no país em 2018.